Temperaturas vão subir e podem chegar aos 44ºC no Alentejo

IPMA: “prevê-se uma subida generalizada dos valores de temperatura máxima nos próximos dias”

As temperaturas em Portugal continental vão subir a partir de domingo, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que alerta para “novo episódio de tempo quente” que poderá atingir pontualmente os 44ºC.

Segundo o IPMA, “prevê-se uma subida generalizada dos valores de temperatura máxima nos próximos dias, com valores que entre os dias 21 e 24 irão estar próximos dos 40°C na região Sul e interior Norte e Centro, podendo atingir pontualmente 44°C em alguns locais do Alentejo e Vale do Tejo”.

Já no litoral Norte e Centro, a temperatura máxima será mais baixa, com valores entre os 30 e 35°C, “sendo inferiores na faixa costeira”.

Durante a noite, as temperaturas mínimas também serão elevadas, “com valores superiores a 20°C (noites tropicais) em grande parte do território, podendo mesmo não descer abaixo dos 25°C em alguns locais do Algarve, Alentejo e na Beira Interior”.

O IPMA prevê que as temperaturas só comecem a descer de forma generalizada a partir de sexta-feira, “atingindo valores normais para a época do ano no fim de semana de 26 e 27”.

Devido à situação meteorológica, o IPMA emitiu avisos meteorológicos de tempo quente, que estão disponíveis na sua página ‘online’ e vão sendo atualizados.

Devido ao tempo quente, Bragança estará no domingo sob aviso amarelo que depois passará a laranja entre os dias 21 e 22.

Também Viseu, Guarda, Vila Real, Setúbal e Santarém estarão no domingo sob aviso amarelo mas vão passar para laranja ao longo da semana.

No Alentejo, Évora, Beja e Portalegre são algumas das regiões que também terão um padrão semelhante.

Já Faro estará com aviso laranja no domingo enquanto Lisboa estará com aviso amarelo até dia 22, dia em que passa para laranja.

O IPMA explica que a subida de temperatura está relacionada com “uma crista anticiclónica que se estende desde os Açores até à Europa Central, promovendo o transporte de uma massa de ar quente e seco com origem no norte de África sobre o território do continente”.

 



Comentários

pub